Header Ads

Bibo Nunes critica Bebianno e Carmem Flores

O deputado federal Bibo Nunes, do PSL gaúcho, postou um vídeo nas redes sociais com críticas ao ex-ministro da secretaria-geral da Presidência, Gustavo Bebianno, e à lojista gaúcha do ramo de móveis, Carmem Flores, ex-presidente do partido e candidata derrotada ao Senado. O vídeo foi baixado e postado de novo por diversas usuários da Internet por relatar truculência política de Bebianno e suposto mau uso de recursos da campanha eleitoral no Rio Grande do Sul.

Durante a pré-campanha, Bebianno, então presidente nacional do PSL, ameaçou impedir a candidatura de Bibo, então vice-presidente estadual do partido, caso ele não desistisse de reclamar de Flores, alegando que a empresária tinha "costas quentes".

Bibo discordava do modo como Carmem Flores administrava o partido e deixou a vice-presidência. No vídeo, o agora deputado exibe documentos sobre movimentações financeiras do PSL gaúcho, que indicariam a motivação, "entre outras", para ter abandonado o cargo diretivo:

Bibo diz que Carmem Flores recebeu R$ 200 mil do Gustavo Bebianno e revela como parte do valor foi usado:

- Uma parente dela recebeu R$ 40 mil. A secretária recebeu R$ 95 mil. Os móveis do diretório foram comprados de uma loja dela. O fotógrafo que fez as fotos da campanha [dos candidatos para o material de propaganda] recebeu R$ 30,00 em dinheiro de cada um. Depois apareceu na lista de pagamentos feitos com recursos do fundo eleitoral.

E completa:

- Hoje, Bebianno está fora, Carmem saiu do partido e eu sou deputado, ninguém mexe comigo. A justiça está sendo feita.

Assista ao vídeo.